Final do ano é uma boa oportunidade de reunir a família para uma viagem. Só que a alta procura nessa época provoca uma elevação nos preços. Veja algumas dicas para que suas férias sejam divertidas e, principalmente, baratas.

Considere destinos alternativos: geralmente, as praias ficam lotadas, com disputa de lugares, cobrança de aluguel por cadeiras e guarda-sóis e elevação dos preços dos produtos, sem falar no tempo gasto no trânsito. Então, que tal planejar outro destino, no contra fluxo da maioria?

Compare os preços: pesquise em, pelo menos, quatro lugares diferentes o valor das passagens e hotéis. A diferença de preço entre as agências, companhias aéreas e hotéis pode ser significativa. Aplicativos e sites promocionais e programas de fidelidade são boas saídas.

Indicações: sites de rastreamento de passagens aéreas e hotéis costumam trazer a opinião de quem se hospedou ou viajou por elas. Considere essas críticas na hora de escolher.

Compre com antecedência: quanto mais próximo do dia da viagem, mais alto será o preço. Então, adquira passagens e hospedagens com folga para reduzir o valor. Se for alugar veículos, faça-o com antecedência, evitando também que fique sem o transporte no momento da sua chegada.

Alimentação: pesquise sempre por lugares em que a comida seja boa e barata, ainda mais se você for para o litoral. Comer na praia, além de ser mais caro, coloca em cheque a qualidade da comida. Se for ficar em hotéis e pousadas, prefira aqueles que ofereçam a alimentação básica.

Vai de carro? Revise-o: fazer aquele check-up no carro é uma regra obrigatória. Nada de pneus carecas ou desalinhados, pastilhas de freios gastas e ainda problemas no motor. Evite surpresas desagradáveis durante o trajeto e zele pela sua segurança e dos seus companheiros.

Saia no horário planejado: atrasos nunca são bem-vindos, mesmo em viagens. Se planejou sair em determinado horário, busque seguir essa agenda, para evitar trânsito ou ainda deixar de curtir algum ponto específico do passeio.

Pense em janeiro: o mês de janeiro vem sempre com muitas despesas, como IPVA, IPTU, materiais e matrículas escolares. Então, pense em salvar algum das férias para essas despesas necessárias.

Se for viajar sozinho, considere um mochilão: essa é uma alternativa boa e barata para quem for se aventurar sozinho ou em grupos pequenos. Os mochileiros geralmente partem apenas com dinheiro no bolso e preferem albergues a grandes hotéis. É uma opção barata, mas que precisa de um planejamento ainda maior. Existem sites e blogs destinados a essa prática cada vez mais comum.

Siga essas dicas, prepare a sua bagagem e aproveite bem as suas férias, para começar 2016 com as baterias renovadas.